bio bio
disco disco
noticias noticias
entrevistas entrevistas
projetos projetos
poemas poemas
fotos fotos
downloads downloads
brasao brasao
contato contato
Cesar Severus
Faze o que tu queres deverá ser o todo da Lei. Al i 40

Cesar Severus

Ordo Templi Hiereus

Em Fevereiro de 2001 e.v., Cesar Severus (Guitarrista - Barítono Dramático - Poeticus Severus) decide fazer uma obra hierofântica versada em black metal, dedicada exclusivamente a grande vontade que entra nos domínios da escuridão e sai em vitória, esta obra é intitulada Hiereus, posteriormente o nome é mudado para Ordo Templi Hiereus, tendo seu logo desenhado por Christophe Szpajdel.
Neste mesmo ano de 2001 e.v. Fra. Gemmifer (Tecladista - Baixo Profundo - Poeticus Severus) e Fra. Ru-abra-IAF são convidados para ingressar neste trabalho, o primeiro assumindo a posição de baterista e o segundo a de baixista. Devido mudança de endereço, Fra. Rua-abra-IAF deixa seu lugar na banda (em 2002 e.v.), mas antes de sua saída (ainda em 2001 e.v.) Ordo Templi Hiereus faz seu 1º registro no underground com a gravação do demo “Aldravae Catullus”. Desde então está sendo elaborado o 2º trabalho que dará sequência conceitual a obra já gravada.

Aldravae catullus

ALDRAVAE CATULLUS
CD-Demo (2001 e.v.)

  1. “Atu de Toth”
  2. “Hostia Nigra”
  3. “Aldravae Catullus”
  4. “Liber Umbracula Tenebris”
  5. “Horus”

"HORUS"

Voltem-se para mim vossos rostos,
o vós que estais no Tuat,
deuses que velais sobre Osíris,
sou Horus Ra-Hoor-khuit,
de quem saístes nos tempos primevos,
sou Horus filho de Ísis,filho de Osíris, assentado em seu Trono,
sou Horus Senhor do Sul.
Voltem-se para mim vossos rostos,
ó guardas do Tuat, “Affrits”.
Deixo a desolação dos dias e da noite;
pois sou Horus dos Dois Olhos,
sou o Senhor do Divino Cajado, “Kerux”.
Voltem-se para mim vossos rostos,
ó deuses cujos olhos penetram como facas,
que estais no séquito de Osíris,
deuses que habitais na Sala dos deuses-Maat,
deuses da Sala de Sekhen-Aanru.
Voltem-se para mim todos vós
e vejam como é Terrível e Doce o brilho do Diácono Solar.
No alto da colina Mistra toca os sinos do Inferno,
“III-V-III”.

Tudo o que faço é certo!

Por Cesar Severus

Amor é a lei, amor sob vontade. Al i 57

Valid XHTML 1.0 Strict © Poeticus Severus - 2004/2012 e.v. por Cesar Severus portifólio